Soldagem Por Resistência: Entenda o Processo!

Soldagem Por Resistência: Entenda o Processo!

A soldagem por resistência é uma das opções para unir metais comumente usado no ramo da soldagem. Pode ser vista em indústrias metalúrgicas, alimentícias, de linha branca, etc. Ela é sem dúvida o tipo de soldagem mais comuns na união de duas chapas de metal.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue acompanhando o guia completo sobre soldagem por resistência que a Casa do Soldador preparou para você retirar todas as suas dúvidas sobre esse processo. Confira!

Pessoa fazendo solda e faíscas saindo do processo

Afinal, como é feita a soldagem por resistência?

O nome desse modelo de soldagem não é coincidência. A união dos metais se dá a partir do processo de resistência entre a eletricidade dos eletrodos e os materiais que estão sendo soldados, o que acaba gerando uma grande quantidade de calor.

Tal processo foi inventado no ano de 1877, por um homem que apenas queria unir dois fios de cobre. Mas, depois de algumas observações, o engenheiro eletricista inglês Elihu Thomson percebeu que sua inovação tinha muito mais potencial. Como já dissemos anteriormente, esse tipo de soldagem é maneira mais usada para unir chapas nas indústrias, tais como:

Máquina de soldagem por resistência

  • Indústria metalúrgica;
  • Indústria alimentícia;
  • Indústria automotiva;
  • Indústria de eletrodomésticos (linha branca);
  • Construção civil;
  • Construção de projetos aeroespaciais.

A utilização mais comum da solda por resistência é na produção de carrocerias, parte predominante na indústria automotiva. Para se ter uma ideia, a carroceria tem em média 4.500 pontos que necessitam de solda. Por isso, entender as características de uma boa máquina de solda é essencial para quem deseja desenvolver esse tipo de projeto.

Máquina de solda por resistência soltando faíscas a cor verde

Quais são os tipos de solda por resistência?

O processo de soldagem utilizando a resistência por eletricidade se desenvolveu rapidamente e ganhou quatro subdivisões, que podem ser aplicadas nas mais diferentes ocasiões e necessidades. São elas: solda ponto, solda costura, solda projeção e solda topo. Confira mais detalhes sobre cada tipo na sequência!

Processo de solda de resistência tipo ponto

Solda ponto

Sabe a utilização massiva que citamos anteriormente na produção de carrocerias? A solda ponto é a opção certa para esse tipo de serviço. Ela possibilita a soldagem de um ponto específico no qual todo o calor é concentrado. Isso é possível devido a força constante gerada pelos eletrodos, que restringem a área e garantem um melhor resultado!

Processo de solda por ponto

O nome ponto de solda vem exatamente por causa disso. A baixa tensão se alia à uma corrente muito alta para gerar um pulso que acaba por fundir a área desejada. A sigla em inglês para esse processo é RSW (Resistance Spot Welding), que pode ser traduzida literalmente como “soldagem por pontos de resistência”.

Infográfico com a explicação de como funciona a solda ponto

Solda costura

A solda costura, também conhecida como solda por ponto contínuo, é ideal para quem deseja realizar uma soldagem de forma sequencial. Os eletrodos rolantes (em formato de disco) permitem a criação de uma solda contínua e sempre em linha reta. Vale citar também que a área extensa soldada gera ótima fixação quando concluída.

Infográfico mostrando o processo de soldagem costura

Solda projeção

A solda por projeção se assemelha ao modelo anterior quanto ao processo de soldagem, mas se difere na forma como é aplicada nos materiais. A projeção da solda pode ter formatos diferentes – como uma calota esférica – o que possibilita maior autonomia no projeto que está sendo desenvolvido.

Com essa configuração, o soldador consegue realizar uma solda eficiente ao concentrar a energia da forma como desejar. Além disso, a economia de energia também é uma grande aliada nesse procedimento, tornando a solda por projeção ainda mais interessante para certos projetos.

Processo de solda de projeção

Solda topo

Para finalizar, a solda topo é ideal para quem precisa realizar a junção da área total do material. Sabe quando você tem dois arames ou tubos e deseja soldá-los exatamente no topo? Essa opção de soldagem por resistência é a escolha certa para te ajudar nessa missão!

Infográfico com a Solda Topo

Qual a melhor solda por resistência?

Como podemos perceber, não existe uma soldagem por resistência melhor ou pior, mas sim a opção adequada para diferentes casos. Avalie o que cada modelo de soldagem entrega e faça uma escolha mais assertiva, que vai suprir a sua demanda e garantir a eficiência na soldagem!

Pessoa utilizando a soldagem ponto

Quais as vantagens da solda por resistência?

A solda por resistência apresenta algumas vantagens muito interessantes em relação à outras formas de soldagem. A primeira delas é independência do serviço em relação ao soldador, que não precisa de muita experiência com solda para conseguir bons resultados ao final do processo.

Pessoa utilizando uma máquina de solda por resistência

Também podemos citar a facilidade que é criar um processo automático com a solda por resistência. Cada soldagem é feita de forma rápida e precisa, o que garante uma união de qualidade mesmo nos processos feitos de forma repetitiva. Não é à toa que essa forma de solda está tão presente nas indústrias.

O ótimo acabamento visual gerado pela solda por resistência também é uma vantagem. A energia da resistência é focada em um local específico. Lembrando que é preciso utilizar as ferramentas certas na hora durante a soldagem para obter o melhor resultados. Não sabe quais são? Acesse nosso post sobre e descubra o necessário para diversos procedimentos!

Pessoa fazendo o processo com solda de resistência

Gostou do post? Então continue acompanhando a Casa do Soldador para receber outros conteúdos como esse. Frequentemente estamos trazendo dicas e informações relevantes aqui no blog, que irão impactar positivamente no seu trabalho com solda.

Acompanhe e fique por dentro de tudo!

Casa do Soldador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços e personalizar nossa publicidade. Ao prosseguir navegando, você aceita esta política de monitoramento. Para mais informações, consulte nossa Política de Privacidade