Tipos de Lixadeira: Um Guia Completo Casa do Soldador!

Tipos de Lixadeira: Um Guia Completo Casa do Soldador!

A cada dia que passa as ferramentas vão facilitando cada vez mais os processos do nosso dia a dia. Os diferentes tipos de lixadeira também chegam com esse propósito e são indispensáveis em algumas situações. Tanto nas pequenas oficinas quanto nas grandes indústrias, sempre há um acabamento que pode ser feito com a lixadeira.

Para obter o melhor resultado é preciso avaliar um objetivo para o serviço e também o material que será lixado. Assim a escolha da lixadeira é mais assertiva e facilita o processo. Mas será que você conhece todos os modelos de lixadeira do mercado? Sem problemas, continue a leitura e confira as informações que a Casa do Soldador preparou para você dominar esse assunto!

Pessoa manuseando uma lixadeira em uma gaveta de madeira

Quais são os tipos de lixadeira?

A finalização de uma superfície é muito importante. Afinal, é assim que seu cliente verá o produto final. Por isso, é imprescindível que as ferramentas utilizadas nesse momento sejam adequadas para a superfície. Uma boa lixadeira ainda pode te ajudar a fazer um ótimo acabamento em muito menos tempo. Confira cada uma das opções em detalhes e escolha o seu:

Lixadeira Orbital

Os diferentes modelos de lixadeira orbital já inundaram o mercado devido a sua funcionalidade em procedimentos com aço e metal. Seus movimentos leves também oferecem um ótimo acabamento para madeiras. As opções mais comuns são a lixadeira orbital retangular – também chamada de meia lixa – e a quadrada.

Pessoa manuseando uma lixadeira orbital vermelha

Lixadeira roto orbital

Essa lixadeira vem para suprir uma necessidade maior de potencia deixada pelo modelo anterior. Sendo um pouco mais forte, seu uso também pode ser aplicado em alvenarias e outros metais. Mas ainda assim ela é considerada uma opção “leve” no mercado devido a capacidade dos modelos que a sucedem.

Você sabe porque ela se chama lixadeira roto orbital? Seu movimento é duplo e inclui oscilação e orbitação, o que garante um resultado ainda melhor em superfícies de madeira ou aço. Realmente um modelo muito interessante!

Pessoa manuseando uma lixadeira roto orbital

Lixadeira roto orbital pneumática

Para finalizar o grupo das lixadeiras orbitais, não poderíamos deixar de citar esse modelo. Ele segue a mesma ideia do último, sendo que a única diferença é o seu funcionamento por meio do ar comprimido e não da energia. Com certeza, a lixadeira é ideal para quem já possui um compressor de ar.

Lixadeira roto orbital pneumática em um fundo branco

Lixadeira excêntrica

A lixadeira excêntrica é sem dúvida um dos modelos mais versáteis da lista. Ela oferece um lixamento fino e sem deixar estrias nos mais diversos materiais. Também é muito indicada para superfícies um pouco mais curvas, já que seus desenhos normalmente ficam bem lisos. Confira a lista de materiais que podem ser lixados com essa opção:

Lixadeira excêntrica em cima de uma mesa

  • Metal;
  • Madeira;
  • Verniz;
  • Plásticos;
  • Materiais oriundos do epóxi.

Lixadeira de cinta

A lixadeira de cinta vem como uma opção mais bruta e que, assim como a outras, exige bastante atenção no uso. Isso porque a colocação da lixa deve ser feita com cuidado e oferece vantagens interessantes para o usuário. Como a possibilidade de lixar grandes peças de madeira sem muita dificuldade.

Sua lixa em formato de cinta também facilita um acabamento mais profundo em peças com verniz, pintura antiga e até plásticos. Você pode obter tanto o modelo fixo, que fica instável sobre uma mesa, quanto a opção elétrica de mão.

Pessoa manuseando lixadeira de cinta

Lixadeira combinada

Como o nome já diz, esse tipo de lixadeira combina duas diferentes funções: lixar tanto na vertical quanto na horizontal. Isso é possível pelo fato dela ser um instrumento de mesa que acompanha a lixa de cinta – citada anteriormente – na parte de cima e a lixa de disco na lateral.

A lixa de disco pode ser usada para fazer um acabamento especial na peça. Já a lixa vertical, facilita o lixamento no topo do objeto e garante um aspecto final ainda melhor. Lembrando que esse modelo é indicado para acabamentos leves e em peças pequenas.

Lixadeira combinada amarelo e preto com detalhes vermelhos

Lixadeira angular

Esse modelo exige um pouco mais do profissional, que deve saber lidar com uma lixadeira de alta potência. A lixadeira angular é ideal para quem deseja retirar uma grande quantidade de material de superfícies em metal e madeira. Como seu acabamento não é dos mais lisos, ela é indicada para serviços que não necessitam de uma estética final perfeita.

Pessoa manuseando lixadeira angular

Lixadeira de detalhe

Para finalizar nossa lista, trouxemos um modelo que, com certeza, é queridinho dos moveleiros. Quem trabalha com artesanatos também deve ficar de olho na lixadeira de detalhes, visto seu uso para finalizar aquele cantinho de difícil acesso, sabe? Seu design lembra bastante um ferro de passar e também é ideal para serviços em madeiras em locais com pouco espaço.

Inclusive, o uso em madeira é um dos carros-chefes da lixadeira. Afinal, ninguém merece passar horas lixando uma peça manualmente e ainda tendo risco de se machucar, não é mesmo? Mas nem sempre escolher a melhor lixadeira para madeira é uma tarefa fácil. As opções são realmente diversificadas.

Pensando em facilitar sua vida, preparamos um post com informações que vão agilizar a sua escolha da lixadeira para a marcenaria. Acesse o conteúdo aqui mesmo no blog da Casa do Soldador e tenha a certeza de fazer uma escolha assertiva e que vai atender sua necessidade.

Obrigado e até a próxima!

Casa do Soldador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços e personalizar nossa publicidade. Ao prosseguir navegando, você aceita esta política de monitoramento. Para mais informações, consulte nossa Política de Privacidade