Como Usar Parafusadeira: Entenda com a Casa do Soldador!

Como Usar Parafusadeira: Entenda com a Casa do Soldador!

A parafusadeira é a ferramenta mais desejada quando o assunto é fazer furos e parafusar sem muito esforço ou risco de estragar as superfícies. O ideal é que seu trabalho seja intuitivo e que uma ferramenta de qualidade ajude a diminuir o tempo de labor sem perder a qualidade do serviço realizado, tudo isso com segurança e precisão, não é mesmo?

Para quem deseja ter ajuda sempre à disposição na hora de parafusar e atarracar porcas e parafusos, esse post é para você! O blog da Casa do Soldador preparou um conteúdo especial para aprender como usar uma parafusadeira sem ter receios de executar o trabalho errado ou de se machucar durante o processo.

Ficou interessado? Acompanhe a leitura, pois trouxemos considerações importantes que vão te ajudar a dominar esse equipamento. Confira!

Aprenda como usar uma parafusadeira:

Usar chave de fenda nem sempre é o suficiente para realizar um trabalho rápido, não é mesmo? Por isso, a parafusadeira se destaca no mundo das ferramentas elétricas pela praticidade do seu uso, ideal para quem quer economizar tempo e força para fazer um trabalho bem feito.

Veja o passo a passo para usar a parafusadeira de forma eficiente e segura em diferentes tipos de superfícies, como madeiras ou paredes de tijolos.

1) Faça a regulagem da parafusadeira

 

Hoje em dia, existem diversos modelos de parafusadeira no mercado, como as linhas à bateria ou elétricas. O mais indicado é regular corretamente o aparelho antes de começar, de acordo com o manual de instruções que o fabricante envia junto com o modelo que você tem em mãos.

Em geral, a regulagem é feita no nível máximo de profundidade do parafuso, a fim de evitar que ele se desprenda da ferramenta durante o funcionamento.

2) Confira o local onde se pretende usar a ferramenta

Para evitar qualquer tipo de transtorno que cause acidentes e prejuízos, é sempre importante verificar se há encanamento e fiação na superfície em que será realizado o trabalho com a parafusadeira.

Caso a demanda seja em paredes de casas, apartamentos ou qualquer outro tipo de edificação, recomenda-se consultar a planta do lugar para identificar qual é o melhor lugar a ser feito o furo. Uma vez confirmado o local, pegue um pedaço de fita crepe e marque na superfície o ponto de furagem. Dessa maneira, você reduz a quantidade de lascas que podem surgir na superfície, principalmente quando se tratar de madeira.

3) Escolha a ponta da parafusadeira

A ponta da parafusadeira ou furadeira que também inclui a função de parafusar deve sempre estar de acordo com o tipo de parafuso que será usado. Quando a intenção é trabalhar com brocas, recomenda-se que a escolha seja feita com base nas medidas do orifício da peça.

4) Selecione o torque da parafusadeira

O anel seletor de toque geralmente fica localizado próximo ao eixo rotatório da parafusadeira. Responsável por definir a intensidade da torção, o seletor é graduado para que você escolha o limite máximo de torque. Ou seja, quanto menor o número selecionado, menos força será aplicado sobre o parafuso ou broca.

A dica do blog da Casa do Soldador é: coloque números menores para usar com materiais pequenos e delicados. Deixe para selecionar os números maiores nos casos de materiais mais densos e parafusos grandes, por exemplo.

5) Chegou a hora de parafusar

Posicione a parafusadeira formando um ângulo de 90º em relação à superfície e a ferramenta, de modo que você consiga encaixar a ponta da parafusadeira no parafuso bem no local demarcado. Ligue a ferramenta apertando o botão e continue pressionando levemente contra a superfície até que a peça esteja completamente dentro do lugar desejado.

Se for necessário desparafusar, basta apertar o botão switcher – ou a chave que fica próxima ao gatilho – que a ponta da ferramenta irá girar ao contrário. Assim, o parafuso será retirado junto com a parafusadeira, que está sendo puxada para o lado de fora da superfície.

É possível usar qualquer parafusadeira em diferentes superfícies?

Para começar, é interessante esclarecer que essa pergunta não possui uma resposta absoluta. Até porque, de fato, uma parafusadeira elétrica pode ser utilizada em superfícies diversas, se escolhida a ponta correta para cada uma.

Tendo isso em mente, materiais mais vulneráveis exigem um cuidado especial. Gesso e drywall combinam melhor com um parafusadeira de maior rotação para não prejudicar a integridade física da superfície.

Para usos de manutenção caseira e hobbies como carpintaria, as parafusadeiras elétricas são opções que entregam potência, precisão e a restrição de movimento pode ser resolvida com uma extensão de tomada.

Quanto às parafusadeiras à bateria, elas podem ser carregadas para qualquer local. Essa característica as tornam ideias para quem não trabalha em um lugar fixo e precisa ter à mão um equipamento que dê conta de qualquer superfície para parafusar.

E aí, se interessou por alguma das opções? Além de termos todas elas na loja virtual da Casa do Soldador, contamos com um blog cheio de publicações pertinentes para profissionais e entusiastas.

Casa do Soldador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços e personalizar nossa publicidade. Ao prosseguir navegando, você aceita esta política de monitoramento. Para mais informações, consulte nossa Política de Privacidade