Entenda todas as diferenças entre solda MIG e TIG

Para fazer uma boa soldagem, é importante compreender um pouco como os diferentes tipos de máquina de solda funcionam. Assim, você vai facilitar a sua experiência e agilizar o trabalho.

Primeiro, é preciso entender que a soldagem é a união de dois materiais de maneira indivisível. Partindo dessa ideia, há diferentes formas de chegar nesse resultado. Por isso, é importante entender o projeto e qual o tipo de solda necessária.

Para você que está em dúvida se a solda MIG ou TIG é a melhor para o seu projeto, a Casa do Soldador traz as principais diferenças entre as duas, suas qualidades e alguns casos específicos para serem utilizadas. Continue a leitura e confira!

Diferenças no uso da solda MIG e TIG

Dentre as muitas diferenças, podemos citar que o processo MIG/MAG é mais popular por conta da sua produtividade. Esse método de solda se destaca por conta da fácil otimização do serviço, ou seja, sua produtividade pode ser manual, automática ou robótica, tendo alta eficiência em números.

Por outro lado, o processo TIG tem outras especificidades, com uma solda de precisão, esse método é muito eficaz em materiais especiais, exóticos, chapas delicadas ou finas. Em sua maioria, é feito de manualmente, não tendo uma velocidade de produção alta.

Outra divergência entre essas máquinas é que a MIG funciona derretendo arame e pode ser utilizada com facilidade. Enquanto a TIG usa eletrodo de tungstênio para derreter o metal e precisa utilizar as duas mãos para ter bom controle no processo, sendo dois tipos de solda diferentes.

Materiais que cada uma solda

Normalmente, as MIGs são usadas para metais maiores, grossos e robustos, já que ajudam a economizar tempo e facilitar o alcance do resultado. Um ponto de destaque é que o acabamento é visível, ideal para projetos que não precisam de um requinte.

Já as TIGs são perfeitas para materiais diferenciados ou placas de metais finas que precisam de uma finesse maior no seu acabamento. Por isso, dentre as características dessa máquina de solda, a delicadeza é um destaque!

Funcionamento da solda MIG

A MIG, que significa Metal Inert Gás, utiliza um arame para o seu funcionamento, sendo um tipo de alimentação semiautomática. O processo se dá com esse metal entrando no estado líquido após passar por uma tocha criada por um curto-circuito. Formando a poça metálica, essa soldagem utiliza um gás, protegendo-a e sendo eficiente.

Funcionamento da solda TIG

A sigla TIG significa Tungstênio Inerte Gás e tem como base a utilização de um eletrodo de tungstênio que passa a corrente elétrica entre os metais soldados. Quando esse processo acontece, o estado líquido de ambos faz com que se conectem e o soldador precisa inserir a vareta TIG, material que fortalece a conexão das partes, fazendo com que esse método de solda tenha maior precisão.

Qual dessas máquinas de solda tem maior custo-benefício?

O maior custo-benefício está na máquina de solda MIG por conta de sua facilidade, praticidade e custo baixo. Mas as TIG são máquinas de alta qualidade e ótima precisão, ou seja, o seu investimento é retornado com um acabamento detalhado e discreto.

Dessa maneira, ambas têm seus prós e contras e, para identificar o custo-benefício melhor, é importante saber como fazer a solda nos materiais que serão utilizados e as necessidades daquele trabalho.

Qual máquina de solda é melhor?

Ambas são excelentes e garantem um bom resultado. O ponto que deve ser questionado é: em quais processos a máquina de solda MIG ou TIG são utilizadas? Afinal, os resultados da soldagem TIG são ricos em detalhes, com o uso em trabalhos específicos, já que garante um serviço extremamente profissional quando bem utilizada.

Já a MIG tem todo o processo de alta produtividade, velocidade e praticidade no uso, garantindo, assim, soldar em grande escala. Isso não significa que essa máquina seja menos profissional, porém os seus resultados são focados em quantidade.

Mas, pensando nessas diferenças, trouxe uma lista de qual máquina selecionar em determinado momento, isso vai te ajudar a decidir qual é a melhor escolha para você!

Máquina MIG/MAG é ideal para processos de:

  • Grande volume;
  • Metais mais espessos;
  • Que sejam automatizados ou robotizados;
  • Precisa de velocidade;
  • Deseja reduzir o índice de descontinuidade nas soldas.

Máquina TIG é ideal para processos de:

  • Projetos especiais com metais exóticos;
  • Placas com espessura menor;
  • Soldagem manual de baixo volume;
  • Acabamento detalhado e imperceptível.

Agora que você percebeu um pouco mais sobre essas máquinas de solda, é preciso escolher qual terá melhor desenvoltura no seu projeto. Assim, o custo-benefício e o resultado serão compatíveis com o seu serviço.

Dessa forma, considere sempre o tempo disponível, o tamanho da peça que será soldada e o acabamento necessário. Ah, e se tiver alguma dúvida, pode deixar um comentário que estamos à disposição para responder!

Aqui no blog da Casa do Soldador, você encontra muitos conteúdos sobre diferentes trabalhos, desde solda até cuidados com a casa. Confira também o post de acessórios para o seu lar e veja algumas dicas de como estar sempre bem equipado no trabalho e em casa!

Até a próxima!

Photo of author

Autor: Luís Guilherme

Luís Guilherme Cabral, um funcionário renomado na Casa do Soldador, começou a trabalhar com a empresa em 2013: foi separador, conferente, atuou no despacho de mercadorias, contagem, balcão de vendas, marketing e agora é coordenador do e-commerce. Durante toda a sua jornada, absorveu conhecimentos únicos e especializados na área de soldagem e marcenaria, o que o auxilia na hora de compartilhar esse conhecimento com os clientes no balcão e em nosso blog. Buscando, então, sanar as dúvidas de todos os nossos clientes, Luís trabalha para trazer conteúdos de qualidade e realistas com o dia a dia de nossos usuários, que vão desde a instalação de equipamentos, listas e dicas de ferramentas, até conteúdos mais aprofundados e técnicos sobre solda.

Deixe um comentário